Resenha: PAX/ Sara Pennypacker

Peter e sua raposa são inseparáveis desde que ele a resgatou, órfã, ainda filhote. Um dia, o inimaginável acontece: o pai do menino vai servir na guerra, e o obriga a devolver Pax à natureza. Ao chegar à distante casa do avô, onde passará a morar, Peter reconhece que não está onde deveria: seu verdadeiro lugar é ao lado de Pax. Movido por amor, lealdade e culpa, ele parte em uma jornada solitária de quase quinhentos quilômetros para reencontrar sua raposa, apesar da guerra que se aproxima. Enquanto isso, mesmo sem desistir de esperar por seu menino, Pax embarca em suas próprias aventuras e descobertas. Alternando perspectivas para mostrar os caminhos paralelos dos dois personagens centrais, Pax expõe o desenvolvimento do menino em sua tentativa de enfrentar a ferocidade herdada pelo pai, enquanto a raposa, domesticada, segue o caminho contrário, de explorar sua natureza selvagem. Um romance atemporal e para todas as idades, que aborda relações familiares, a relação do homem com o ambiente e os perigos que carregamos dentro de nós mesmos. Pax emociona o leitor desde a primeira página. Um mundo repleto de sentimentos em que natureza e humanidade se encontram numa história que celebra a lealdade e o amor.

Olá pessoas, tudo bem ?

PAX não é um livro muito abordado por "readers", mas gostei da sinopse e decidi lê-lo. Imagina a minha surpresa ao encontrar um livro maravilhoso?! Não conhecia a autora, mas gostei muito da sua escrita e a leitura fluiu muito bem. Ainda mais pela dinâmica interessante em que cada capítulo aborda a perspectiva de um dos personagens , a raposa Pax e seu menino Peter.


"As vezes a maçã cai muito longe da árvore."

Com a aproximação da guerra, Peter,  foi obrigado a deixar seu animal no meio da floresta e ir para casa do seu avô  pois este já não aguentava tantos "obstáculos" pela casa. Contudo o querido e amável menino não consegue ficar longe de seu animalzinho e traça um plano para retornar as escondidas ao local onde deixara seu bichinho. 

Por outro lado,  o abandonado animalzinho que, embora o acontecido, não perde as esperanças e acredita que o dono virá voltar para buscá-lo. Mas preocupado com segurança de seu humano, tenta a todo custo encontrar o caminho de casa que o leve de volta para os braços de “seu menino”.

Entretanto nenhum dos dois  imaginavam quão longa seria a jornada e que seria impossível enfrentar as dificuldades do caminho sem a ajuda de amigos. Durante essa trajetória, raposa e menino farão laços que lhes proporcionarão novas experiências e os ajudarão a seguir em frente.


Durante a trama, ambos os personagens amadurecem e enfrentam suas fraquezas. Principalmente, Peter, que nunca lutou pelos seus desejos e sempre tentou reprimir suas vontades por medo de se tornar um homem violento e amargurado como o pai. E enquanto Peter deixa para trás o menino submisso e começa a trabalhar sua autoconfiança, Pax descobre um mundo novo, com diversas possibilidades a serem exploradas.
Em relação ao desfecho, infelizmente, não me agradou totalmente. No decorrer da história fui levada a um caminho, apenas para ser surpreendida depois.  O livro também conta com lindas ilustrações que fizeram toda a diferença. Mesmo com a pequena ressalva,  o livro continua lindo, com uma história leve e incrível que passa uma  mensagem bem tocante. Super recomendo!

Beijos!

7 comentários

  1. Oii Esther, tudo bem? Já vi muita gente falando desse livro, eu tenho muita vontade de ler, mas fico com medo de me decepcionar com o final assim como aconteceu com você hahahaha
    -Beijos,Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro, fiquei mega curiosa para o ler, parece ser uma história fantástica! :)
    www.styledays.pt

    ResponderExcluir
  3. Oie
    Eu adorei este livro, muito fofo e tocante. Mas o final tbm não foi o que eu esperava, mas ao mesmo tempo eu entendi e aceitei o final, me fez refletir sobre.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Esther

    Acho a capa desse livro muito linda, e a história parece super tocante, que pena o final não ser tão bom RS ;)

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia mais achei a história bastante interessante.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Esther!

    Tenho muita vontade de ler esse livro, e sua resenha me deixou mais curiosa ainda com a história. Uma pena só que o final deixe a desejar :(

    xx Carol
    Vem participar do booktour do meu livro O poder da vingança!
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá querida!!
    Adorei o post e segui o seu blog <3
    O livro parece magnífico, fique com vontade de continuar a ler :)
    Quero convidar-te a visitar e a seguir de volta o meu blog <3

    pimentamaisdoce.blogspot.pt

    ResponderExcluir