Conto: Cartas pra você 1

Olá pessoal, tudo bem?

Aqui temos o primeiro conto, de muitos, que postarei aqui no blog. Claro, não precisam ser lidos em ordem e nem nada parecido, mas espero contar com vocês. Estarei postando todo mês. Espero que gostem!
Obs: "Cartas" está no plural, porque haverão outras.
Carta 1:

     Meu querido amor diário, 
    Essa noite foi difícil. Foi duro ficar sem você. Aceitar que você nunca mais estará aqui. Saber que nunca mais acordará ao meu lado. Não sei como viverei sem a sua companhia. Sem o seu calor. Mas sei que não poderia viver sem o seu amor. 
    Talvez com o tempo você pudesse me amar. Mas eu não queria arriscar meu coração. De novo, não. Aprendi que não podemos implorar pelo amor de ninguém. Apenas esperar que sejamos retribuídos. Eu esperei. Esperei e esperei. Nada vi. Nada aconteceu. 
    Pode me chamar de covarde. Dizer que não lutei por nós, não o suficiente, que desisti facilmente. Talvez, tenha um pouco de verdade nisso. Não tive coragem de tentar mais uma vez. E passar pela dor de um coração partido. Um amor não correspondido. Mas não está sendo fácil, nem um pouco. Entretanto, não posso voltar atrás. 
    As vezes sonho que nada disso aconteceu, que você ainda está aqui. Comigo. Ainda espero por uma manhã diferente, com um acordar ao seu lado. Mas a verdade é que prefiro dormir numa cama sozinha... Do que ao lado de alguém que não me oferecia a certeza do amanhã.
   Escrevo-lhe essa carta, que nunca será enviada, mas na necessidade de tirar um pouco do muito que ainda tem dentro de mim. 

Beijos e uma ótima semana!
   

60 comentários:

  1. Olá, Esther.
    Gostei bastante do texto. Quando a gente ainda ama a pessoa é muito dificil, mas depois a gente percebe que consegue sim viver sem e até melhor hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sil, tudo bem?
      Que bom que gostou! Sim, são apenas fases...rs.
      Beijos!

      Excluir
  2. Belíssimo, Esther!! Ainda bem que e apenas um conto rsrs
    Bjs
    Vidrinhos & Feminices
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anne!
      Obrigada flor! Sim! Ainda bem né? hahaha
      Beijos!

      Excluir
  3. Olá, Esther :)

    Uau, estou impressionada, lindo conto, realmente escrever é a melhor forma de tirar do peito, mesmo que ninguém nunca vá ler, já estou louca pela próxima carta.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Querida!
      Pode falar...sou uma artista completa! hahaha.
      Que bom que gostou. :)
      Beijos!

      Excluir
  4. Que conto maravilhoso.
    Parabéns! Ótimo poste.
    Beijos.
    http://vinteedoisdemaio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gabriele!
      Obrigada! Que bom que gostou.
      Beijos!

      Excluir
  5. Olá Esther!
    Adorei o seu conto, e a iniciativa de postá-los! Parabéns pelo blog! :3
    Beijos

    http://amadoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mari!
      Que bom! Espero que continue acompanhando. :)
      Beijos!

      Excluir
  6. eita, se tem uma coisa que eu sou apaixonada eh contos e esse seu eu adorei, quero logo que vc poste as outras cartas, mas serao relacionadas a essa historia? pq como ela disse "tirar um pouco do muito que tem em mim"

    perolasdelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ludmila!
      Que bom que gostou!
      Mas que pessoa observadora você é heim? Rs. É isso mesmo! Terá outras nesse mesmo estilo.
      Beijos!

      Excluir
  7. Que lindo este conto:)

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oláá! Tudo bem?
    Adoro contos! Oba, gostei de saber dessa novidade de que terão mais contos por aqui! :)
    Gostei muito desse!
    beeijo

    https://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tamara!
      Que bom que gostou! :)
      Beijos!

      Excluir
  9. Esther, andas me espiando? KKKKKKKK MEU DEUS, você vomitou minha vida amorosa e tudo que tem acontecido nessa carta. Já estou até seguindo para acompanhar as outras. Amei ♥

    Beijos,
    Hey, Catheli!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Isa!
      Juro que não, hahaha. Que legal e ao mesmo tempo que bad você ter se identificado né? Mas são fases,rs.
      Beijos!

      Excluir
  10. Respostas
    1. Olá, tudo bem?
      Que bom que gostou! Obrigada. :)
      Beijos!

      Excluir
  11. Oi, gostei do conto. Contos em formatos de cartas sempre trazem proximidade com o leitor, identificação até.

    Parabéns, esperando pelos próximos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rob, tudo bem?
      Sim! Essa era a minha intenção,rs.
      Obrigada! :)

      Excluir
  12. Amei! Ficou super tocante. Parabéns pela iniciativa de começar a postar, espero pelos próximos.
    By: Evy | atravesdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Esther tudo bem ?
    Amei a carta, e quero ler muitas outras que você escreverá. Parabéns pela iniciativa !
    beijinhos boa semana
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leticia!
      Que bom que gostou! Em breve tem mais,rs.
      Beijos!

      Excluir
  14. Quem nunca escreveu uma carta como essa? Muito legal o texto, amei.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mari!
      Escrever é tudo de bom né? Que bom que gostou.
      Beijos!

      Excluir
  15. Uau! Muito legal, adorei, para deixar um amor temos de ser fortes, mas pensar em nós primeiro é essencial.
    Parabéns, bjs ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kassia!
      Sim! Temos que sempre pensar em nós.
      Obrigada!
      Beijos!

      Excluir
  16. Olá, Esther
    Adorei seu conto.
    Nunca escrevi uma carta como essa, mas o roteiro de um monólogo desse já se passou na minha cabeça várias vezes kkk

    Parabéns pelo blog.
    https://sobrecadamomento.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fran, tudo bem?
      Se fossemos colocar todos esses roteiros no papel, ia faltar papel...hahaha.
      Obrigada!
      beijos!

      Excluir
  17. Que texto lindo, e concordo com a parte final, a mais pura verdade: melhor estar sozinha do que ao lado de alguém que não tenha um futuro a oferecer. Parabéns! Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cintia, tudo bem?
      Que bom que gostou! :)
      Beijos!

      Excluir
  18. Me definiu em cada palavra descrita, querida <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá May, tudo bem?
      Que legal e ao mesmo tempo nem tanto né? Mas é só uma fase, tudo passa...rs.
      Beijos!

      Excluir
  19. Que triste isso gente, ninguém merece ficar sem quem ama, tem q correr atras do que quer, fazer acontecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá flor, tudo bem?
      É sim! Mas a vida é complicada né? Nem tudo acontece como queremos...
      Beijos!

      Excluir
  20. Eu já escrevi carta desse tipo, ô tempinho ruim kkkk
    Ainda bem que é só um conto e não tá acontecendo com vocÊ!
    Beijinhos ❤
    Blog Ale Canofre
    YouTube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ale, tudo bem?
      Que bom que gostou! Graças a Deus que não! É uma situação muito ruim...rs.
      Beijos!

      Excluir
  21. Que triste, gente!
    Mas que lindo.
    O coração até parte.
    Quem nunca escreveu uma carta nesse estilo - e não mandou -, né?
    Continue escrevendo!

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Teca!
      Que bom que gostou!
      Sim! Acho que todo mundo já passou por essa fase né? Mas faz parte.
      Beijos!

      Excluir
  22. Muito bem escrito, parabéns! ♥

    http://www.gotasdecafe.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Lindo e verdadeiro!
    Tbm prefiro passar sozinha do que me sujeitar ao mais ou menos.
    Beijos

    Www.unhasclassicasemodernas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juliana!
      Não é? Melhor assim... Rs
      Beijos!

      Excluir
  24. Oi Esther, tudo bem?

    Simplesmente amei seu conto, além de estar muito bem escrito, ele toca na alma pois é verdadeiro. Estou passando pela situação do eu-lírico, e realmente deixar ir embora, em algumas situações, é o melhor e o mais certo. Precisamos abandonar aquilo que não esteja nos fazendo bem. Esse é o melhro caminho. Sempre! Adorei!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alice!
      Obrigada! :)
      Que chato passar por isso né? Mas é só uma fase, e no fim, tudo dará certo.
      Beijos!

      Excluir
  25. Gostei da forma do texto, um diário que ao mesmo tempo é uma carta para alguém. Já fiz muito isso para expressar meus sentimentos sejam bons ou ruins e ajuda bastante. É um alívio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?
      Que bom que gostou e se identificou!
      Beijos!

      Excluir
  26. Temos que tomar uma decisão quando alguém não nos faz bem ou quando vemos que não temos futuro nenhum com a pessoa. Por mais que seja difícil, temos que pensar na gente..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana!
      Sim! Temos que pensar em nós primeiro. :)
      Beijos!

      Excluir
  27. Amei o conto, realmente, esses contos em forma de cartas nos envolve na história, estou super ansiosa pelos próximos beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?
      Que bom que gostou!
      Beijos!

      Excluir
  28. Adorei o conto.
    E em forma de carta é muito envolvente.
    Acho que me li em algumas partes rs

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  29. Olá querida!
    Gostei da sua ideia de cartas!"Mas a verdade é que prefiro dormir numa cama sozinha... Do que ao lado de alguém que não me oferecia a certeza do amanhã." Profundo! haha
    O tema é bem parecido com o último conto que postei tbm :)
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. Oiee, amei o texto parabéns, são palavras que a maioria de nós sempre quis dizer, e mesmo que não tenha sido em cartas, eu lembro de meus velhos diários que guardavam tantas desses sentimentos...

    Bjs

    ResponderExcluir
  31. Parabéns pelo texto Esther!
    Realmente tudo não passa de fases, quando um amor "quebra" parece que nada vai consertar né? Mas tudo passa..

    Estou te seguindo!
    http://papeldeouro2016.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  32. Simplesmente fantástica.

    Abraço

    Wellington Maia

    ResponderExcluir
  33. Simplesmente fantástica.

    Abraço

    Wellington Maia

    ResponderExcluir