Resenha (Filme) - Lion: Uma jornada para casa

Quando tinha apenas cinco anos, o indiano Saroo (Dev Patel) se perdeu do irmão numa estação de trem de Calcutá e enfretou grandes desafios para sobreviver sozinho até de ser adotado por uma família australiana. Incapaz de superar o que aconteceu, aos 25 anos ele decide buscar uma forma de reencontrar sua família biológica.

Olá pessoas, tudo bem?

Esses dias, eu estava a procura de um filme na netflix para assistir e encontrei Lion, um dos indicados ao Oscar. O filme é baseado na  autobiografia A Long Way Home do indiano Saroo que, aos 5 anos, perdeu-se do irmão e foi parar em outro lugar, mas que nunca desistiu de reencontrar a sua família.

Saroo é uma criança de 5 anos que vive com a sua família numa aréa rural da Índia. A sua situação é de extrema pobreza, sua mãe trabalha carregando pedras e ele e seu irmão mais velho que, são muito próximos, cometem pequenos furtos. Mesmo sendo uma criança, ele entende a situação e tenta ajudar da maneira que pode.

Um certo dia, ele decide acompanhar o irmão ao trabalho. O irmão não concorda, mas depois acaba cedendo. Eles pegam um trem e , no caminho, o menino adormece. Quando chegam na estação, seu irmão decide não acordá-lo e o deixa dormindo na estação prometendo que logo virá buscá-lo.


Sarro desperta e encontra-se sozinho na estação. Ele procura o irmão em todos os lugares até que adormece novamente. Só que dessa vez, ele está sozinho num trem e não percebe quando o mesmo entra em movimento. E quando desperta, encontra-se num lugar diferente e totalmente perdido.

Eu sei que a sinopse não deixa muito espaço para a imaginação e já sabemos que o Saroo será adotado por uma família australiana, mas o caminho até lá não foi nada fácil. O Saroo passa por situações difíceis, encontra pessoas mal intencionadas até chegar ao orfanato e ser adotado.


O filme é dividido em duas partes, mostra o protagonista criança e, depois, adulto. O ator que interpretou o Saroo mirim é Sunny Pawar e  ele fez um trabalho lindo demais. Dev Patel é quem interpreta o Saroo na vida adulta e que também interpretou o Jamal Malik em Quem quer ser um milionário?.


Como o filme é baseado numa história real, o grande segredo é o final, afinal, ninguém sabe o que pode acontecer. Saroo nunca desistiu de encontrar a sua familia, mas ele nem sabe o nome do lugar em que morava e isso dificultou a sua busca. Durante todo filme, eu tive aquele sentimento de angustia... Será que ele vai conseguir encontrá-los? E se a mãe e o irmão não estiverem no mesmo lugar? E quem garante que ainda estão vivos?

A família que o adotou também tem grande destaque. Seus pais adotivos são ótimos, adotaram dois meninos que, mesmo sendo bem diferentes, os amaram como filhos. 

O filme tem 2h de duração e não achei cansativo, mas é um filme devagar. A história do Saroo é incrível e, no fim, escorreram algumas lágrimas. Ah, também no final pude descobrir o porquê do título Lion. Concluindo, foi um bom filme com uma linda história e com uma mensagem de que coisas assim ocorrem todo dia na Índia e que, nem todos, têm uma segunda chance com o Saroo teve.

Já assistiram? Gostaram?

Beijos!

28 comentários:

  1. Oi, Esther.
    Puxa, parece um ótimo filme de drama.
    Pra ser indicado ao Oscar deve ter mesmo suas qualidades.
    Eu estava deixando pra ver depois, mas sua resenha aguçou minha curiosidade e vou ter que ver essa semana.
    Será que ele encontrou sua família biológica?
    Muito boa a resenha.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diego!
      É muito bom mesmo! E a resposta dessa pergunta...Só no final, hahaha.
      Abraços!

      Excluir
  2. Oie
    Não conhecia o filme, mas me pareceu bem interessante e fiquei com vontade de assistir.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nessa!
      Que legal! Espero que goste!
      Beijos!

      Excluir
  3. Ainnn adoro filmes baseados em histórias reais... Já quero assistir!
    Beijos
    Vidrinhos & Feminices

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anne!
      Eu também! Espero que goste!
      Beijos!

      Excluir
  4. Wonderful post, love it! :)
    Maybe follow for follow? :)

    veronicalucy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi!!!!!
    Que dica mais linda de filme!!!
    Esse é um dos filmes mais emocionantes que já assisti em toda minha vida. Vale cada segundo!
    Beijinho
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Roberta!
      Que bom que gostou! Também me emocionei bastante.
      Beijos!

      Excluir
  6. Oi Esther, estou com o livro aqui na minha estante! Mas acho que verei o filme antes, lá no blog o Cris assistiu e gostou, bom saber que a narrativa é um pouco mais lenta!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mi!
      Eu só fui saber do livro depois que assisti o filme, hahaha, mas ambos devem ser ótimos.
      Beijos!

      Excluir
  7. Oi, flor!
    Já conhecia o filme, mas ainda não assisti.
    Ele me interessa e muito!
    Fico com pé atrás com filmes muito longos, porque também acabo achando cansativo, mas penso em dar uma chance pra ele!
    Que bom que funcionou pra você!

    Beijinhos, boa quinta pra você :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thay!
      Sim, filmes longos não são a minha praia também. Mas, eu gostei desse,afinal, a história é linda.
      Beijos!

      Excluir
  8. Oi Esther,
    Esse filme é tão lindo ♥
    Só de relembrar o Saroo chamando pelo irmão dá vontade de chorar.
    Esse menino que faz ele pequeno é uma graça mesmo *.*

    tenha uma ótima quinta.
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nana!
      Menina, essa parte foi muito triste e desesperador mesmo. :(
      Que bom que gostou!
      Beijos!

      Excluir
  9. Oi Esther! Tudo bem?

    Estou louca para ver esse filme. Todos recomendam e me disseram para preparar os lenços. Tenho uma amiga que brincou dizendo que ficou desidratada vendo ele rsrsrs... Adorei a resenha! Vou tentar ver esse final de semana.

    Beijos

    Vivian

    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vivian!
      O filme é ótimo, sua amiga está certíssima... hahaha.
      Beijos!

      Excluir
  10. Oie !! ainda não assisti, mas tenho muita vontade de assistir esse filme, está na minha lista ! Adorei sua resenha, amo filmes baseados em histórias Reais! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá flor, tudo bem?
      Espero que goste, o filme é lindo demais!
      Beijos!

      Excluir
  11. eu não assisti e te confesso que não estava com vontade até ler sua resenha, acho que vou pegar pra ver sim!
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana!
      Fico feliz que tenha mudado de ideia, o filme é lindo!
      Beijos!

      Excluir
  12. Definitivamente vou assistir esse filme o quanto antes. Obrigado pela dica :)

    ResponderExcluir
  13. Esther, que boa dica! Vou ver esse filme qualquer hora dessas. Aliás, falando em filmes ligados à cultura indiana, você viu um filme chamado Today's Special (tem também na Netflix)? É um filme incrível sobre um chef de cozinha indiano que quer ir para a França, para tentar dar uma guinada na carreira, mas acaba tendo que tomar conta do restaurante indiano da família (embora ele mesmo não saiba nada sobre culinária indiana). É um filme maravilhoso, com personagens incríveis e uma história bem divertida, mas com desdobramentos bem bonitos e emocionantes.
    Ah! Aproveito para dizer que adorei seu último comentário lá no meu blog! ;)
    Beijos! :)
    https://teofilotostes.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, tudo bem?
      Não conhecia não , mas obrigada pela indicação. Já fiquei curiosa só pelo seu resumo, espero encontrá-lo na Netflix.
      Beijos!

      Excluir
  14. ainda nao assistir esse filme mas adorei a resenha, ja vou procurar na netflix
    https://dose-of-poetry.blogspot.com.br

    ResponderExcluir